WhatsApp Logo 1 site

central de atendimento

sala de aula site

 

ha quem prefira os porcos

 

Impossível não concluir que boa parcela da população de Gerasa (ou Gadara?) prefere os porcos à presença de Jesus entre eles. Pois os suínos suicidas, possuídos pela legião de espíritos imundos, se precipitaram despenhadeiro abaixo morrendo todos afogado.

Prejuízo certo para uma economia de base suína. Negócios foram destruídos. O capital investido foi, literalmente, por água abaixo. O responsável pelo colapso na produção de carne e banha de porco? Jesus! Certamente o Nazareno é o culpado pelo prejuízo imputado aos suinocultores.

 Vendo a potencial ameaça de ter todo esse segmento econômico devastado, haja vista que a perda de uma vara de porcos tem um impacto devastador na economia local, os criadores de suínos não tem outra coisa a fazer a não ser rogar a Jesus que se retire da terra deles.

Por isso, a exemplo da legião que rogou encarecidamente ao Filho do Deus Altíssimo que não enviasse os espíritos imundos para fora daquela região, assim também os negociantes, que tinham muito a perder com isso, rogaram que Jesus deixasse Decápolis.

Afinal, o que é uma vida restaurada ao convívio social e familiar em vista de um negócio tão promissor como esse de criar porcos? Um a vara de dois mil animais é um preço muito alto a ser pago pela simples restauração de um louco endemoninhado. Aliás, todos eles parecem bastante satisfeitos com o estado de coisas como elas se apresentam: um chiqueiro lucrativo. E ninguém, nem mesmo o Filho de Deus, vai ameaçar a situação sob pena de ser expulso daquele lugar.

Há, como nos mostra a narrativa, aqueles que preferem os porcos à presença libertadora de Jesus.

Cartilha de Hebraico

Compre aqui

 cartilha de hebraico

Receba as Novidades

cristofani-caricatura-tres

Arquivo do Blog

Powered by mod LCA

pagseguro paypal logos site