WhatsApp Logo 1 site

central de atendimento

sala de aula site

 

Cartilha de Hebraico - Compre aqui

 cartilha de hebraico

Artigo do Dr. CristofaniVocê já ouviu falar em Andragogia?

Nesta série de três “posts” (Sua majestade a Pedagogia e Andragogia: Educação de Adultos) quero apresentar a Andragogia a você que ainda não ouviu falar desse assunto. Quero mostrar a você porque é necessário fazer a distinção entre Andragogia e Pedagogia.

Em geral, nós aprendemos a fazer os nossos planos de aula com os instrumentos e as orientações da Pedagogia. E isso é bastante apropriado se estamos lecionando para crianças, pois a abordagem pedagógica é própria para essa faixa etária.

Mas, e se os seus alunos são adultos? E se você leciona para jovens, a Pedagogia continuaria a ser a abordagem mais apropriada? O que você acha? Existem diferenças entre a maneira que uma criança e um jovem ou adulto aprendem? A resposta é: “Sim, existem diferenças no processo de aprendizagem de crianças e jovens e adultos”.

Artigo do Dr. CristofaniSua majestade a Pedagogia

No post anterior, Você já ouviu falar em Andragogia? Falei sobre a necessidade de distinguir Andragogia e Pedagogia.

Neste segundo post, quero apresentar cinco pressupostos que sustentam a Pedagogia. É bom você ter em mente que esses cinco elementos são aqui alistados para fazer o contraste com a Andragogia.

A Pedagogia reinou soberana até as primeiras décadas do século XX, quando passou a ser questionada quanto à sua aplicabilidade na educação de adultos. Foi no estabelecimento dos pressupostos da Andragogia que a Pedagogia revelou os seus principais elementos constitutivos.

Artigo do Dr. CristofaniAndragogia: A Educação de Adultos

No post anterior, Sua majestade a Pedagogia, apresentei os cinco elementos que eu utilizo para fazer a distinção entre Andragogia e Pedagogia. Neste terceiro e último post, apresento as mesmas cinco características, mas do ponto de vista da Andragogia.

Lindeman postulou que:

"... a fonte de maior valor na educação do adulto é a experiência do aprendiz. Se educação é vida, vida é educação. Aprendizagem consiste na substituição da experiência e conhecimento da pessoa. A psicologia nos ensina que, ainda que aprendemos o que fazemos, a genuína educação manterá o fazer e o pensar juntos.... A experiência é o livro vivo do aprendiz adulto." (Lindeman, 1926, pp. 9-10)

Receba as Novidades

cristofani-caricatura-tres

Arquivo do Blog

Powered by mod LCA

pagseguro paypal logos site