BLOG

Acompanhe os Artigos de JR.Cristofani

JR.Cristofani

JR.Cristofani

PhD em Teologia, Mestre em Antigo Testamento, Especialista em Educação e Novas Tecnologias.

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

video

Num livro que não aparece o nome de Deus, encontramos uma nota sobre sua pessoa. Cântico dos Cânticos 8.6c traz uma abreviação do nome de Deus ligado ao amor:

"... as suas brasas são brasas de fogo,
são veementes labaredas de Adonai."

 

Veja também:

Como uma única letra muda o significado de um livro!

É paixão, não ciúmes! Cântico dos Cânticos 8.6b

 

video

Cântico dos Cânticos 8.6b deve ser traduzido por "paixão" e não "ciúmes" como fazem algumas bíblias.
Isso por causa do paralelismo sinonímico da frase anterior:

porque o amor é forte como a morte,
e resistente como a sepultura a paixão.

 

Veja também:

Sobre como "Salomão" trata as mulheres
Amor e Paixão são labaredas do Senhor

 

Homilia Cantico dos Canticos 8.6 7 Pastor Cristofani

O Cântico dos Cânticos não é DE Salomão, nem PARA Salomão, mas SOBRE Salomão. Isto é, o Cantar dos Cantares é uma veemente crítica ao modo como “Salomão” trata o amor, as mulheres e como ele interfere numa relação a dois.

 

Veja também:

É paixão, não ciúmes! Cântico dos Cânticos 8.6b

Amor e Paixão são labaredas do Senhor

No Evangelho de Marcos a palavra “filho” (huios – em grego) ocorre 35 vezes. Sete dessas ocorrências são bem especiais. Elas são especiais por vários motivos. Cito três deles: Primeiro, porque o termo “filho” vem acrescido de algum qualificativo; Segundo, porque a palavra “filho” aparece em confissões sobre Jesus; Terceiro, porque essas confissões estão em lábios diversos.

Cristo: 7 vezes filho - Reverendo Cristofani

As sete vezes que o segundo Evangelho usa o vocábulo “filho” e acrescenta um qualificativo são:

Qual a sua serpente de cada dia?

serpente nossa cada dia

"A serpente nossa de cada dia: Educando os ouvidos" é uma reflexão sobre nossa condição de enfrentamento com o mal. Há três atitudes em relação à essa condição: 1. Fingir que ela não existe; 2. Mantê-la distante; e 3. Educar os ouvidos. Esta última possibilidade nos ajuda a enfrentar a sedução da serpente, interna e externamente.

Quarta, 20 Maio 2015 06:22

Imaginação e Leitura Bíblica

video

Imaginação e leitura da Bíblia é uma reflexão sobre o potencial interpretativo da imaginação enquanto ferramenta para acessar o conteúdo e significado de um texto.

Tanto quanto a razão, a emoção, a intuição e a inspiração, a imaginação é uma forma legítima de se abordar textos bíblicos.
A imaginação permite uma maior empatia com os personagens da narrativa; permite entrar no mundo dos personagens; permite assumir o lugar dos protagonistas que atuam; permite uma viagem no tempo e no espaço; permite, enfim, um mergulho no universo diverso da Bíblia.

Para exemplificar o uso da imaginação na leitura bíblica eu fiz um exercício com um sermão que eu escrevi baseado na narrativa do cego de Jericó como se encontra no Evangelho de Lucas 18.35-43: "À beira do Caminho - um sermão na primeira pessoa".

Espero que gostem, se inscrevam no meu canal e compartilhem.

Quinta, 14 Maio 2015 15:02

Completos e não perfeitos!

video

Ao traduzir Deuteronômio 18.13 por “Completo serás para com o Senhor teu Deus” e Mateus 5.48 por “Sedes completos como é completo o vosso Pai celeste.”, quero expressar a compreensão de que não se trata de “perfeição cristã” ou de qualquer outra espécie de perfeição. Mas expressa a integralidade do ser humano diante de Deus e de seus semelhantes.

Portanto, o que os textos bíblicos enfatizam é um estado permanente de desenvolvimento e aprendizagem dos valores do Reino de Deus e da busca pela maturidade: uma pessoal íntegra.

 

video

Breve reflexão sobre Provérbios 22.6 - Ensina a criança no caminho que deve andar. Faço considerações sobre 4 palavras do texto: Ensinar; Criança; Caminho e Andar.
Aproveite, se gostar inscreva-se no meu canal.

Segunda, 11 Maio 2015 16:15

Arqueologia de APAMEA

apamea

Este ensaio pretende ser uma exposição sucinta do sítio arqueológico denominado Apamea. Para isso o trabalho está organizado da seguinte forma: 1. Localização geográfica; 2. História das escavações; 3. História do sítio; 4. Inventário arqueológico de Apamea e 5. Importância do sítio.

1. Localização geográfica

Apamea, atual Qal`at el-Moudiq, localiza-se na Bacia do rio Orontes. Esta bacia está entre duas regiões de características opostas. A oeste, o limite e a costa do mar Mediterrâneo e as montanhas. As torrentes, juntamente com uma precipitação pluviométrica bastante acentuada, garantem o alto grau de fertilidade do solo. Pelo lado leste, o limite e uma planura desértica e árida, onde raramente se encontram pântanos. Nessa bacia encontra-se o sítio de Apamea.

Segunda, 11 Maio 2015 14:53

A Homilética e as Estruturas Textuais

De Serva à Senhora

Quando deixamos o Seminário para assumirmos um campo, presumimos, muitas vezes, que sabemos o suficiente a respeito das disciplinas estudadas e não nos damos conta que a nossa preparação acadêmica foi o primeiro dos impulsos em direção a novos estudos.

Assim, ao nos voltarmos para um estudo mais atencioso dos textos bíblicos vamos, inevitavelmente, descobrir aspectos estruturais que jogam, repetidas vezes, nossos pressupostos homiléticos por terra.

Aprendemos no Seminário, a estruturar nossos sermões e estudos conforme as regras observadas nos grandes pregadores do passado. Regras estas que cientificamente denomina-se “regras homiléticas”.

Busca

E-book para Presbíteros

capa nova 250

Apenas R$ 9,90 - Compre aqui!


O autor apresenta uma abordagem nova e esclarecedora sobre a importância da liderança responsável e consciente do presbítero numa sociedade carente e pobre de valores. Leitura indispensável para presbíteros e pastores.

Leia um preview do livro: Exercendo o presbiterato por meio de relacionamentos

Categorias